Buscar
  • Rodrigo Tosta – Coach RT Performance

"OFF SEASON" DE QUALIDADE


Mais um ano se inicia e certamente sua agenda social ainda está lotada e você está com dificuldade para encaixar suas sessões de treino. Alimentação balanceada e com horários pré-estabelecidos também está sendo uma tarefa difícil. Mas não se preocupe, veja como usar bem esse período do ano que chamamos de “off season”...

Fazendo um link com nosso último artigo onde mostramos como avaliar corretamente sua temporada, você tem diversas ferramentas para mensurar seu desempenho em todos os aspectos que envolvem não só o atleta (ou melhor triatleta), mas o ser humano. Após essa avaliação devo dizer que independente do resultado, ou seja, se seu ano foi ruim, satisfatório ou extraordinário, agora é hora de deixar tudo para trás, relaxar e canalizar suas energias para sua próxima temporada de esporte e de vida!

E para isso será fundamental mudar ou criar alguns novos hábitos. Hábito é algo que fazemos cotidianamente, muitas vezes até sem pensar. Todo ser humano possui os seus, sejam eles bons ou ruins. Agora: é possível mudá-los? Sim. É fácil? Muitas vezes não. Criar o hábito é um dos fatores que te levará ao sucesso, seja no trabalho, seja nos estudos ou nos treinos. Enquanto você continuar tendo que se lembrar que tem de estudar, que tem de trabalhar ou que tem que treinar, por exemplo todos os dias pela manhã, essas coisas ainda vão demandar esforço e te desanimar mais cedo ou mais tarde. No entanto, no momento em que elas se tornarem hábitos, quando você as fizer naturalmente, sem pensar “tenho que fazer isso”, todo esforço e desanimo vão embora. A questão agora é como criar estes hábitos?

Manter um hábito é fácil, criá-lo é que exige dedicação. Estudos apontam que demoramos 21 dias para criar um hábito. 21 dias de dedicação e esforço é o que você precisa para criar um novo hábito. Durante esses 21 dias você terá que lembrar diariamente que “tem que fazer X durante Y minutos, horas, etc”. E quando você estiver cansado, desanimado, frustrado, terá de fazer do mesmo modo. Conforme os dias vão passando, cada vez mais isso vai deixar de ser uma obrigação e vai se tornar um hábito. Após os 21 dias você já vai estar fazendo isso sem pensar, pois criou o hábito.

Como normalmente triatletas são pessoas sistemáticas, vamos fazer um pequeno guia com cinco dicas para você seguir…

  • A primeira coisa que devemos fazer é definir que hábitos queremos mudar e/ou adquirir: melhorar a alimentação, dar uma atenção maior na natação, no ciclismo ou na corrida, conseguir cumprir a planilha à risca, fazer trabalhos compensatórios de alongamento/flexibilidade. Seja lá o que for, defina o que você deseja tornar um hábito para elevar sua performance no próximo ano.

  • Ponha no papel: materialize seu objetivo. É fundamental que você escreva em algum lugar qual é a sua meta. Defina exatamente o que você deseja e em quanto tempo irá conseguir.

  • Calcule o custo: o que será necessário para atingir esse objetivo? Quanto tempo e/ou dinheiro terei que investir? É importante ter a consciência do que você terá que abrir mão para chegar lá.

  • “Amarre-se numa corda”: pense em alguém que você pode confiar (se você tem um treinador, provavelmente ele é a melhor pessoa). Agora divida com essa pessoa suas metas e peça para estar ao seu lado até que você chegue lá. Acredite, faz muita diferença ter alguém com quem dividir um objetivo. Isso aumenta seu nível de motivação e compromisso.

  • Faça: não adianta cumprir cada um dos passos anteriores e não fazer nada. Agora é começar a executar as tarefas diárias para realizar tudo o que você planejou anteriormente.

Consciente das mudanças e dos hábitos a serem adquiridos, visualize as provas que pretende fazer e suas próximas conquistas. Lembre que o mais importante é o caminho a ser percorrido e que a maior conquista é o dia a dia!

Use essa época para descansar mais que o habitual, mesmo que isso signifique deixar algum treino de lado. Procure dormir mais horas por noite ou, se possível, tire aquele “cochilo” no meio do dia, após o almoço. Esse período servirá também como um descanso mental, abrirá um hiato em seu compromisso com as planilhas, horários, necessidade de esforçar-se muito nos treinos e até mesmo com a logística do treinamento, que por vezes é muito cansativa, principalmente para atletas que vivem em grandes cidades, pois normalmente enfrentam horas e horas de congestionamento no trânsito para poder pedalar em locais seguros e/ou nadar em águas abertas. Assim você se sentirá mais leve e tolerante para suportar mais um ano inteiro de compromissos e competições.

Procure não ficar completamente parado, agende um ou dois treinos de cada modalidade por semana e não deixe que esses treinos passem de quarenta minutos. Faça aquecimentos e solturas mais longos e bem tranquilos e na parte principal faça algumas acelerações curtas e intensas para manter sua musculatura “ligada” e seu sistema de velocidade em dia. Outra boa opção para a parte principal dos treinos é fazer um trabalho de força específico dentro de cada modalidade. Isso pode ser conseguido na natação com o uso do palmar em séries de 25 ou 50m, no pedal usando o que costumamos chamar de Big Gear (a marcha mais pesada) para fazer pequenas subidas íngremes ou séries curtas, de até um minuto no rolo e na corrida alguns tiros com inclinação (na rua ou na esteira) ou ainda para quem tem essa possibilidade vale um trabalho na areia.

Nos demais dias você pode praticar outros esportes que, por ventura, goste e normalmente não tem tempo. Atividades como escalada, surfe, stand up, slack line são excelentes para desenvolver equilíbrio e noções de espaço e tempo. Esportes individuais como tênis e lutas podem ajudá-lo a adquirir mais potência, assim como os esportes coletivos, como futebol e basquete são ótimos para desenvolvermos estratégias e não podemos esquecer de atividades como musculação, pilates e o cross fit que aumentam nosso nível de força. Todas essas atividades têm algo que certamente lhe beneficiará na próxima temporada.

Tomando essas medidas tenho certeza que você conseguirá aproveitar suas férias e cumprir todos os compromissos de sua agenda, junto com as pessoas que gosta e sem aquele famoso peso na consciência. Essas dicas manterão seu corpo e mente ativos e ao mesmo tempo descansados durante o “off season” e prontos para reiniciar sua rotina, que apesar de cansativa é muito prazerosa!

Bom ano!!!


3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© 2017 Criado por Fluxo Comunicação Esportiva